Diversidade de temas, abordagens e regiões são marca da seleção em 2019, com propostas de filmes em desenvolvimento que terão oportunidade de negócios, intercâmbios e consultorias com convidados internacionais que estarão presentes no evento em setembro

O ano de 2019 é de celebração para o Brasil CineMundi – International Coproduction Meeting: o evento de mercado do cinema brasileiro que chega a sua 10a edição, a ser realizada durante a 13a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, entre os dias 17 e 22 de setembro. Mais uma vez dezenas de profissionais do audiovisual vindos de diversos países se reúnem na capital mineira para conhecer novos projetos, firmar acordos, debater ideias e dar suporte aos filmes do futuro, conectando a cultura brasileira ao mercado internacional. O encontro acontece nas dependências da Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes), onde será montada uma central de encontros, intercâmbio, redes de contato e relacionamentos .

"O Brasil CineMundi ao longo seus 10 anos de realização tem registrado resultados expressivos que favorecem o trabalho, a articulação de profissionais e a inserção do cinema brasileiro no mercado global. Ao longo dos últimos anos, diversos projetos selecionados e apresentados nas edições do evento se tornaram filmes e estrearam nas telas no Brasil e em festivais internacionais,  outros firmaram parcerias de coprodução  a partir dos encontros promovidos entre os representantes dos projetos brasileiros e profissionais internacionais que marcaram presença no Brasil CineMundi e, ainda, filmes tiveram suas sessões de pré-estreias nas edições da Mostra CineBH", ressalta a coordenadora geral do evento e diretora da Universo Produção, Raquel Hallak.

Nesta edição, um total de 22 projetos selecionados terá a oportunidade de receber consultorias, de participar do programa de formação e de se apresentar aos convidados internacionais visando à coprodução. Os encontros acontecem com profissionais da indústria mundial do audiovisual - produtores, compradores, representantes de fundos e distribuidores - que estão interessados em conhecer, firmar parcerias, adquirir conteúdo audiovisual e orientar a formação de coproduções internacionais, acordos de cooperação internacional e apresentar fundos de financiamento com interesse no cinema brasileiro.

A seleção foi feita pelos produtores Paulo de Carvalho (Alemanha),  Gudula Meizolt (Alemanha) e Séverine Roinssard (França), pelo crítico Pedro Butcher (Brasil) e pela equipe da Universo Produção, organizadora do evento. Os 22 projetos estão distribuídos em três categorias: CineMundi (10), DocBrasil Meeting (6) e Foco Minas (6). Os selecionados vêm de oito estados brasileiros: Minas Gerais (9), Rio de Janeiro (5), São Paulo (3), Bahia (1), Espírito Santo (1), Pernambuco (1), Rio Grande do Sul (1) e Ceará (1).

 Pedro Butcher, integrante da comissão de seleção, diz ter ficado positivamente surpreso com a quantidade de inscritos. “Estávamos um pouco preocupados por conta da atual situação de incertezas do audiovisual brasileiro, porém tivemos 136 projetos na seleção, o que é um número bem grande”, afirma. “E não só a quantidade, mas tivemos alta representatividade regional”. Entre os 22 que foram selecionados a participar do Brasil CineMundi, o crítico aponta variedade de temas, abordagens, geografias e pontos de vista. “Temos um quadro bem satisfatório, que nos permitiu propostas diversas, refletindo o conjunto do que avaliamos”.

Os projetos selecionados, em sua maioria, estão em fase de desenvolvimento, o que significa que devem ser filmes ainda a levarem algum tempo para serem concluídos. Alguns deles são de nomes bastante conhecidos no circuito de cinema independente brasileiro, casos de Affonso Uchôa (“2019”, produção de Julia Alves), Davi Pretto (“Casa no Campo”, produção de Paola Wink e Jessica Luz), Anna Azevedo (“À Prova de Futuro”, produção de Rodrigo Letier) e Miguel Antunes Ramos (“Dragões da Independência”, produção de Julia Murat). Outros revelam novas facetas artísticas, caso da atriz Karine Teles, que assina a direção de “Princesa”, produzido por Tatiana Leite e Thiago Macêdo Correia. E há ainda a consolidação de nomes revelação no curta-metragem, como Vinicius Silva, que aparece com seu projeto de longa “A História da Beleza”, produção de Alice Riff.

A Foco Minas, que amplia a presença do estado no Brasil CineMundi, tem participação de nomes como Ana Carolina Soares, que desenvolve o primeiro longa, “Ausente”, com produção de Denise Flores; os irmãos Luiz e Ricardo Pretti, que preparam “Relato do Golden Villa”, produzido por Luana Melgaço; e Joana Oliveira, com a ficção “Ushuaia”, filmado em parte na Argentina e produzido por Juan Pablo Lattanzi.

 

PREMIAÇÃO E PARCERIAS

 No Brasil CineMundi, além dos encontros com produtores, distribuidores, representantes de fundos e festivais internacionais convidados pela Universo, os participantes são analisados por um júri composto por três profissionais do audiovisual. O melhor projeto de longa brasileiro na categoria CineMundi leva o Troféu Horizonte, materiais e serviços oferecidos pelas empresas parceiras Naymar/ CiaRio, CTAv, Dot, Mistika e Parati Films, e uma vaga para o produtor do projeto participar do Ventana Sur, evento de mercado parceiro que acontece na Argentina, em dezembro. Os projetos da categoria CineMundi também são avaliados por outros eventos parceiros do programa, que escolhem seus projetos favoritos e oferecem vagas para participação em suas próximas edições: MAFF – Málaga Festival Fund & Co-production Event (na Espanha, em 2020) e TorinoFilmLab (na Itália, em novembro).

Na categoria Doc Brasil Meeting, os participantes concorrem ao prêmio do DocMontevideo, para acesso aos encontros e workshop da próxima edição do evento no Uruguai em julho de 2020. O projeto vencedor recebe também premiações em materiais e serviços oferecidos pelas empresas parceiras Naymar/ CiaRio e CTAv.

 Por fim, na categoria Foco Minas, os projetos concorrem a vaga nas Rodadas de Negócios na próxima edição do DocSP  em novembro, e um convidado internacional elege um projeto para receber premiação em materiais oferecida pelo CTAv.

Novidade deste ano, uma expansão da cooperação e intercâmbio do Brasil CineMundi com eventos do mercado internacionais, o programa apresenta dois inéditos e importantes parceiros: Conecta (Chile) e Projeto Paradiso (Brasil). Pelo primeiro, será oferecida uma vaga para um produtor de um projeto da categoria Doc Brasil Meeting participar do Conecta – International Documentary Industry Meeting na próxima edição do Chiledoc, em dezembro. Já o Projeto Paradiso, mantido pelo Instituto Olga Rabinovich, oferecerá passagem aérea internacional para o produtor eleito a participar do TorinoFilmLab e a taxa de participação de 2.000 euros para o diretor e produtor do projeto eleito a participar do Creative Production & Meeting Event do TorinoFilmLab.

Além disso, um projeto de ficção selecionado para a edição 2019 do Brasil CineMundi integrará a Incubadora Paradiso 2020, um programa do Projeto Paradiso, iniciativa de apoio aos talentos do audiovisual brasileiro. O roteirista selecionado para a Incubadora recebe uma bolsa no valor total de R$ 30.000 (R$ 5.000 mensal), além de mentorias, doctoring, consultorias em desenho de audiência, incentivos para a inserção no circuito internacional e outros apoios adequados às necessidades de cada perfil.  Uma comissão constituída pelo Projeto Paradiso para este fim fará a seleção entre os projetos de ficção do Brasil Cine Mundi das categorias CineMundi e Foco Minas.

 Por fim, o diretor do projeto selecionado para participar do TorinoFilmLab receberá também a Premiação Itamaraty, que consiste na oferta de uma passagem para participar do evento italiano.

 

CONFIRA OS 22 PROJETOS SELECIONADOS PARA O 10o BRASIL CINEMUNDI

 

***

Acompanhe o programa Cinema Sem Fronteiras 2019

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Na Web: www.universoproducao.com.br

No Twitter: @universoprod No Facebook: universoproducao / mostratiradentes / cineop / cinebh / brasilcinemundi

No Instagram: @universoproducao

 

SERVIÇO

13ª CINEBH - MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE BELO HORIZONTE
BRASIL CINEMUNDI -
10th INTERNATIONAL COPRODUCTION MEETING
17 a 22  setembro de 2019

LEI FEDERAL DE INCENTIVO A CULTURA

Patrocínio: BRDE/FUNDO SETORIAL DO AUDIOVISUAL/ANCINE 

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA | MINISTÉRIO DA CIDADANIA| GOVERNO FEDERAL

 Informações pelo telefone: (31) 3282-2366